domingo, 10 de maio de 2009

"É assim que isso funciona: você espia seu interior através de uma fresta, aí você consegue as coisas que gosta e tenta amar as coisas que consegue. E então você pega todo o amor que você fez e crava em alguém, no coração de outro alguém, bombeando o sangue de outra pessoa. E andando de braços dados você espera que isso não o machuque com o tempo, mas mesmo se isso acontecer..
Você simplesmente vai fazer tudo de novo."

Regina Spektor - on the radio

Um beijo, Beatriz Barros.

Um comentário:

Rafaela Rocha disse...

E tudo se renova sem se renovar.

Sobre o sentir e o dançar de um corpo gordo

Sempre achei estranha a vontade que eu tinha de dançar. Durante muito tempo, meu corpo ficou inerte. Fugia das aulas de educação física, ...