Estamos nesse estado precário

Decidimos ensaiar menos durante esse mês de novembro, para que as pessoas pudessem se organiza para esse fim de ano. Tanto com grana, quanto com estudos, tempo... etc. Recentemente passamos por mudanças bruscas com relação a horários, relações e algumas pessoas saíram do grupo. Tiramos esse tempo para nos organizar individualmente, por que isso parecia ser o principal fator da nossa organização. Alguns, como eu, se sentiram um pouco deslocados com essa diminuição de encontros, mas depois foi bom perceber que, pra esse momento, era necessário. Penso que a nossa relação estava ficando super-saturada. Nos encontrávamos demais para fazer coisas que deveríamos conseguir fazer em menos tempo, menos energia e mais concentração.
Costumamos levar nossas incertezas da vida para o teatro. Esse tempo foi o tempo de descobrirmos as incertezas da vida e o tempo de tentar encontrar uma solução para elas. Esse tempo, esse respiro, ainda continuará por um tempo. Todos precisamos nos organizar... Pagar nossas contas, prestar nossos vestibulares, ter o nosso dinheir para viajar. E além disso, conseguir fazer nossas substituições, negociar uma temporada...

Aonde chegamos com o que somos não é tão diferente do que temos. Daqui pra frente, precisamos nos modificar para modificar aquilo que nos rodeia.
Conquistar um espaço, uma profissionalização, um comprometimento.

Bruno Lourenço

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Verão de 2005.

Curtíssima temporada do espetáculo "O Girador" no Teatro Pequeno Ato

2014: um primeiro balanço e o nosso fim de ano