Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Primavera - Uma divisão em forma de estações

Imagem
Sou estudante de Letras. Entrei esse ano.
Uma das atividades da matéria de "Introdução aos Estudos Literários" é fazer análises críticas de obras escritas. Fiz isso com alguns poemas, farei com alguns outros textos no segundo semestre. Mas antes do curso, nunca imaginei que eu houvesse feito uma análise literária da peça de teatro do meu grupo. Esse texto tem quase um ano e vai aqui para que vocês possam desfrutar de uma análise um pouco mais cabeçuda sobre o Primavera.
Que seja doce.






Inverno – Um tempo frio e chuvoso.
A instituição é apresentada. A partir daí, as relações que se flagram são exemplos claros dos ‘muros psicológicos’ que são criados quando existe um regime de ordem. Os momentos de ‘inverno’, a principio, parecem uma justificativa para a personagem da Senhora Bergman – sendo mãe de uma das alunas e reitora da instituição – que é quem ordena os movimentos internos sempre na figura de mãe.
Sra Bergman: Thea! Seja paciente com a sua amiguinha! Às vezes, o riso do próximo…

Breve história

Esse é um texto que escrevi há quase um ano contando sobre o início do grupo através da montagem do espetáculo Primavera.
Em seu momento de retomada, penso ser oportuna a publicação desse texto aqui.
Boa leitura.


Quando começamos a montar o texto ‘Despertar da Primavera’ no Colégio Terra – onde o curso de teatro era ministrado - mal sabíamos em que zona delicada estávamos dispostos a nos debruçar.
O que a principio se converteria numa peça montada pelos alunos da escola, logo se transformou na semente de um projeto maior. Dentro do colégio conseguimos enxergar os métodos de educação contemporâneos e ali começamos a pensar que, talvez, o modo ‘arcaico’ de se pensar a educação – suscitado no texto de Wedekind – não fosse tão diferente dos dias de hoje. Então nos foi feita uma primeira provocação:
“Será que o problema do adolescente está na escola?”

Quando o período letivo se encerrou o curso de teatro foi convidado a se retirar do colégio, uma vez que a instituição não conseguiria abrig…