Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011
Imagem
Cálice, cavalo, fogo e menino
A primeira peça que assiti na minha vida foi Macunaíma, direção de Antunes Filho, texto de Mário de Andrade. Ali nasceu minha paixão pelas artes cênicas e pelo ator. A interpretação de Cacá Carvalho - depois assisti com o não menos interessante Tonico Pereira - em Macunaíma era, como diria Artaud, encantatória. Não quero aqui, agora, escrever os outros momentos encantatórios que tive no teatro. Quero apenas postar uma das lições mais lindas sobre a ARTE DE SER ATOR. E quem fala é o ator mais impressionante, por sua disponibilidade, por sua entrega e inteligência, que eu já vi em cena: Rubens Corrêa. Ser humano que eu tive o privilégio de conhecer pessoalmente. Um texto para inspirar meus alunos e todos os jovens atores.

Cálice, cavalo, fogo e menino"Fui convidado para conversar com vocês sobre o ator; sei que muitos aqui jamais representaram, e outros deram apenas os primeiros passos neste caminho labiríntico que é o mundo da interpre…