sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Severinando


Achei trechos interessantes em 'Morte e vida severina' que servem de provocação para alguns momentos do processo do Peter em Fúria. Coloco alguns trechos para vocês.

(CORO RELIGIOSO)

(pp.42-43)
[...]
Na mão direita um rosário,
milho negro e ressecado.
Na mão direita somente
o rosário, seca semente.
Na mão direita, de cinza,
o rosário, semente maninha,
Na mão direita o rosário,
semente inerte e sem salto.

Despido vieste no caixão,
despido também se enterra o grão.
De tanto te despiu a privação
que escapou de teu peito à viração.
Tanta coisa despiste em vida
que fugiu de teu peito a brisa.
E agora, se abre o chão e te abriga,
lençol que não tiveste em vida.
Se abre o chão e te fecha,
dando-te agora cama e coberta.
Se abre o chão e te envolve,
como mulher com que se dorme [...].

(DOS HERÓIS)

(pp. 49-50)
[...]
E não precisava dinheiro,
e não precisava coveiro,
e não precisava oração
e não precisava inscrição.
Mas o que se vê não é isso:
é sempre nosso serviço
crescendo mais cada dia
morre gente que nem vivia.
E esse povo de lá de riba
de Pernambuco, da Paraíba,
que vem buscar no Recife
poder morrer de velhice,
encontra só, aqui chegando
cemitério esperando.
Não é viagem o que fazem
vindo por essas caatingas, vargens
aí está o seu erro:
vêm é seguindo seu próprio enterro [...].

(DAS FAMÍLIAS)

(p. 55)
[...]
Minha pobreza tal é
que coisa alguma posso ofertar:
somente o leite que tenho
para meu filho amamentar
aqui todos são irmãos,
de leite, de lama, de ar.
Minha pobreza tal é
que não tenho presente melhor:
trago este papel de jornal
para lhe servir de cobertor
cobrindo-se assim de letras
vai um dia ser doutor [...].

MELO NETO, João Cabral de - Morte e vida severina e outros poemas para vozes - 34. ed. - Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1994. (Renumerado, os grifos são nossos)

Nenhum comentário:

Sobre o sentir e o dançar de um corpo gordo

Sempre achei estranha a vontade que eu tinha de dançar. Durante muito tempo, meu corpo ficou inerte. Fugia das aulas de educação física, ...